CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Anjos e Demônios

Cristo e os demônios

A existência dos anjos é central para a doutrina cristã. Se negamos que eles existem, tornamos incompreensíveis não só inúmeras passagens da Escritura, mas a obra redentora de Cristo como um todo. Afinal, foi para destruir as obras do diabo que o Filho de Deus se fez homem. 

Mas, se não há diabo, que sentido tem o ministério de Jesus, e como entender os vários possessos do Evangelho?

410

Nas aulas passadas estabelecemos as balizas dentro das quais se moverá o curso. Vimos a importância de estudar os anjos hoje em dia, a existência dos espíritos angélicos como verdade dogmática e fizemos uma breve introdução ao estudo de sua natureza. Agora, cumpre esclarecer o papel ocupado por eles na economia da salvação.

Adiantemos que a existência dos anjos é central para a doutrina cristã, de tal forma que, se negamos que eles existem, tornamos incompreensíveis não só inúmeras passagens da Escritura, mas a própria obra redentora de Cristo.

No Antigo Testamento, é verdade, encontramos relativamente poucas referências aos anjos, mas as que constam do Texto Sagrado não permitem duvidar de que para os judeus, desde a época dos patriarcas, os anjos existem e podem interagir com os seres humanos, para o bem e para o mal. (Veja-se, a esse respeito, a relação de versículos na primeira aula do curso.)

No Novo Testamento, por sua vez, há uma tal explosão de reações demoníacas à presença de Cristo, que podemos dizer que o universo em que o encontramos está “saturado” de demônios. Afinal, foi para nos libertar da escravidão do pecado e, portanto, de Satanás que...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos