CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
História da Igreja Medieval

As expansões islâmicas e a defesa da Europa

Em pouco menos de um século após a sua fundação, o temível Islã chegou à Europa e, não fossem o gênio militar de Carlos Martel e a disposição dos cristãos ao combate, todo o continente teria se rendido aos muçulmanos.

Nesta aula de nosso curso de História da Igreja Medieval, conheça a história da religião de Maomé e saiba como o exército de um simples "mordomo" foi capaz de conter o avanço militar dos "cavaleiros de Alá".

imprimir

Até o século VI, a região da Península Arábica era habitada predominantemente por tribos nômades. Eram poucas as comunidades que sobreviviam de agricultura e não havia nada que unisse social ou politicamente esses grupos.

Nasce, então, em 570, na cidade de Meca – região da atual Arábia Saudita –, o fundador da religião islâmica, Maomé (Muhammad, em árabe). Órfão de pai e de mãe desde muito cedo, o menino é educado pelos beduínos e, depois, pelos próprios parentes. Com 25 anos, casa-se com uma viúva, de nome Cadija, cuja visão religiosa provavelmente exerceu forte influência sobre ele [1]. Cadija era ebionita; fazia parte de uma seita que aceitava a Torá e reconhecia Jesus como um profeta, mas não como Deus.

Em 610, durante um de seus retiros espirituais, Maomé começa a receber supostas revelações do Arcanjo Gabriel, as quais ele anota no Alcorão (Al-Qur'an, em árabe). O livro sagrado da religião islâmica, dividido em suratas, é organizado decrescentemente, de acordo com a sua extensão, e não serve como fonte para conhecer a vida de Maomé, sendo necessário recorrer a outras tradições islâmicas – como as Hadith – para descobrir a sua biografia.

O...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos