CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
O Segredo de Teresinha

O gigante inicia seu caminho

Como uma menina atormentada por desordens passionais e centrada em si mesma chegou a exercer de tal modo sua maternidade espiritual a ponto de, mesmo enclausurada no Carmelo, conduzir para Cristo inúmeros pecadores?

Ao falar da vida de S. Teresinha, desde sua enfermidade até o ingresso no Carmelo, Padre Paulo Ricardo nos explica como se deu esse processo de transformação interior que, aos poucos, forjou uma grande intercessora.

96

Como já vimos, o segundo trauma de Teresinha, a entrada de Paulina no Carmelo, fez com que ela somatizasse seu sofrimento através de uma doença desconhecida. Independentemente das possíveis análises clínicas que se tente fazer, é fato que ela passou por fortes desordens passionais, compreendidas enquanto consequência do pecado original, mesmo que Santa Teresinha nunca tivesse cometido um pecado mortal [1].

E aqui, precisamos compreender que, na vida espiritual, além de combatermos os pecados, precisamos lutar contra as desordens passionais ou psicoafetivas, às quais estamos propensos em virtude de nossa natureza decaída.

Essas desordens afetaram a saúde de Teresinha a ponto de os médicos pensarem que ela iria de fato morrer. Então, seu pai solicitou, na igreja de Nossa Senhora das Vitórias, em Paris, uma novena de Missas pela cura de sua filha. Conforme descreve a santa: “Era preciso um milagre, e foi Nossa Senhora das Vitórias quem o fez” [2]. Num domingo, ainda durante a novena de Missas, Teresinha começou a chamar “Mamãe, mamãe”, como se estivesse delirando. Maria, sua irmã mais velha e madrinha de Batismo, veio acudi-la. Foi neste momento que aconteceu o...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos