CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
As Navegações Portuguesas

A busca do Preste João

Embora seu reinado tivesse uma abordagem mais pragmática das explorações marítimas, Dom João II enviou Pero da Covilhã e Afonso Paiva à Etiópia em busca do Preste João, o mítico rei aliado.

741

Apesar de estarmos num curso de história, viajaremos agora no terreno do mito. Falaremos da lenda do Preste João.

Tudo começa com as invasões árabes. O avanço do islã, nos séculos VII e VIII, para partes do Oriente e da África, cortou o relacionamento entre a Europa e os reinos cristãos daquelas regiões. Mais tarde, no ambiente das Cruzadas, como os ocidentais tinham a esperança de que um rei cristão oriental viesse em seu socorro, atacando os sarracenos por trás, começaram a pipocar lendas sobre reinos orientais aliados com chefes riquíssimos e poderosos. 

Mas a imaginação medieval era um tanto fértil. Esses boatos começaram a ganhar detalhes fantásticos, fabulosos, até absurdos. Foi aí que se criou todo um romance pitoresco em redor de um tal Preste João [1]. Eis um resumo sumaríssimo do que veremos na presente aula. 

Alguém pode se perguntar qual é a importância de perder tempo com um mito quando se está investigando os fatos históricos. Ora, como disse Fernando Pessoa, às vezes o mito é o nada que é tudo. Ou seja, há mitos que movem a história e tornam-se partes fundamentais, verdadeiros pilares de certos acontecimentos. Esse é o caso da...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos