CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
PropagandaPropaganda

Confira a história em quadrinhos de Nossa Senhora de Fátima!

Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Terapia das Doenças Espirituais

Terapia da tristeza

Não é à toa que a depressão é considerada "o mal do século XXI": em um mundo cada vez mais egoísta e indiferente, a tristeza tem se alastrado como uma epidemia, destruindo famílias, amizades e muitos outros relacionamentos. Qual é, afinal, a cura para essa doença? Como a doutrina da Igreja e os conselhos dos santos podem ajudar as pessoas a superarem o luto e a angústia?

Nesta aula do curso de Terapia das Doenças Espirituais, conheça os remédios espirituais para lidar com vários tipos de tristeza: desde aquela ligeira angústia das tardes de domingo, até os ressentimentos mais profundos, causados pelo egoísmo e pela inveja.

58

Falou-se, nas últimas aulas, sobre a tristeza enquanto realidade meramente passional e a partir de quando ela se torna uma doença espiritual. Assim, cabe falar também de várias terapias para a tristeza.

A terapia para a tristeza enquanto paixão. – Para a tristeza passional, Santo Tomás de Aquino enumera remédios bastante "humanos", que vão desde o partilhar a dor com os amigos até um banho quente e uma boa noite de sono [1]. Diz ele que, "como qualquer repouso do corpo traz remédio a qualquer fadiga, provinda de qualquer causa não natural, assim também todo prazer é remédio que alivia qualquer tristeza, seja qual for sua origem" [2].

Um dos remédios aqui elencados pelo Doutor Angélico, no entanto, é de suma importância para entender a cura da tristeza doentia: trata-se da contemplação da verdade. Quanto mais se estuda as verdades de fé, quanto mais se reza e "quanto mais perfeitamente se ama a sabedoria" [3], mais "se exorcizam" as tristezas de nossas almas. É que toda tristeza – esteja ela nos sentimentos ou na vontade – consiste em fechar-se em um mundo distante da realidade.

A terapia para a inveja. – Exemplo prático disso é o pecado da...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos