CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Evangelize compartilhando!
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Ensina-nos a orar

Distrações involuntárias e suas causas

Qualquer que seja a sua origem, toda distração involuntária pode ser encarada com um convite amoroso a nos unirmos ao sacrifício de Cristo.

imprimir

Vimos na aula passada a natureza das distrações; resta-nos abordar agora as suas causas. Antes disso, porém, façamos uma distinção importante. Sabemos que há, de um lado, distrações voluntárias, das quais somos culpados devido à nossa falta de virtude e empenho sincero em querermos encontrar-nos com Deus na oração.

Há distrações, no entanto, que decorrem não de nossa má-vontade e das quais, portanto, não temos culpa alguma. Trata-se daquelas dificuldades de concentração provenientes de cinco fatores principais, que vão desde a obscuridade do objeto a que aplicamos nossa inteligência ao rezarmos até a permissão divina como forma de provar nosso amor e fidelidade.

Qualquer que seja a sua origem, toda distração involuntária pode ser encarada com um convite amoroso a nos unirmos ao sacrifício de Cristo, que nos amou a tal ponto e com tão extremada ternura, que não quis deixar de derramar por nós uma só gota de seu Preciosíssimo Sangue.

Material para Download
Aulas do curso
Texto do episódioMaterial para downloadComentários dos alunos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.