CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Catequese para Adultos

Como Deus quer que sejamos felizes?

Não é preciso ter fé para constatar um fato óbvio e evidente: todo mundo quer ser feliz, e não há ninguém, ao menos em juízo perfeito, que escolha o fracasso e a infelicidade como projeto de vida.

Mas o que não se explica sem fé é o fato de, apesar de a desejarmos, a felicidade não se encontrar neste mundo e, ainda que se encontrasse, ser sempre parcial e temporária.

4052

O fim da existência humana, como visto até agora, é a união eterna com Deus no céu; os meios de o conseguir, por sua vez, consistem em conhecer a Deus pela fé, amá-lo pela observância de sua Lei e valer-se da graça sobrenatural que nos é dispensada tanto pelos sacramentos como pela oração. Um dos problemas que aqui se podem esconder, no entanto, diz respeito à profundidade de nossa conversão pessoal. Sim, sabemos que Deus é o fim último de nossa vida e que é apenas nele que seremos felizes. Mas estamos realmente convencidos disto? Cremos, de fato e na prática, que é Ele a nossa verdadeira felicidade?

Ora, que todo homem queira ser feliz é algo que qualquer um está disposto a reconhecer, nem é preciso ter fé para afirmá-lo. Todo ser humano, pelo simples fato de o ser, busca o que lhe parece bom e, ainda que de forma confusa e pouco consciente, ordena a própria vida àquilo no qual pensa encontrar-se a felicidade. Tampouco é necessário estar iluminado por luzes especiais para constatar que a esmagadora maioria dos homens deseja ser feliz aqui neste mundo. A dificuldade, porém, é que todo projeto de felicidade limitado a esta vida está fadado, sempre, a um mesmo fim:...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos