CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®

Participe do nosso aniversário!

  • O aniversário é nosso, mas o presente é seu. Confira as ofertas:
  • Inscreva-se com 40% de desconto no plano anual;
  • Oportunidade de assinatura vitalícia. Um único pagamento para estudar conosco para sempre.
Assine agora
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Credo Apostólico

...nascido da Virgem Maria

Para compreender a posição salvífica, eclesial, espiritual da Virgem Maria é preciso vinculá-la a Cristo. Maria, portanto, pertence muito mais a um capítulo da cristologia do que a um capítulo da eclesiologia.

13

Dando continuidade ao estudo sobre Maria, logo no início percebe-se a afirmação enfática da Igreja acerca do lugar que ela ocupa:

O que a fé católica crê acerca de Maria funda-se no que ela crê acerca de Cristo, mas o que a fé ensina sobre Maria ilumina, por sua vez, sua fé em Cristo. (487)

Para compreender a posição salvífica, eclesial, espiritual da Virgem Maria é preciso vinculá-la a Cristo. Maria, portanto, pertence muito mais a um capítulo da cristologia do que a um capítulo da eclesiologia.

Ela é a mãe de Cristo, que tem um papel único na salvação da humanidade e ela se torna mãe da Igreja na exata medida em que se torna mãe de Cristo. Ou seja, se a Igreja é uma continuação do mistério da Encarnação, se é o corpo de Cristo ao longo da História, é o Cristo total, Maria, sendo mãe de Nosso Senhor jesus Cristo é mãe da Igreja. O ponto de partida é o relacionamento único dela com Cristo, que faz com que seja único também o relacionamento dela com a igreja. Não é possível, portanto, estudar Maria na eclesiologia, sem a chave de leitura de que ela tem uma relação especial com a igreja porque tem uma relação especial com Jesus Cristo.

Portanto, o...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos