CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assistir à aula
Preencha seu e-mail
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Erro ao criar a conta. Por favor, tente novamente.
Verifique seus dados e tente novamente.
Use seis ou mais caracteres com uma combinação de letras e números
Verifique seus dados e tente novamente.
Boas-vindas!
Desejamos um ótimo aprendizado.
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Credo Apostólico

O mundo visível

Embora a afirmação de que Deus é o criador de tudo que existe soe de forma natural, nem sempre foi assim. Houve um tempo em que heresias se apresentavam dentro da Igreja afirmando que Deus não havia criado a matéria.

1610

Parte I 

Deus criou o céu e a terra, as coisas visíveis e invisíveis do nada. São Teófilo de Antioquia, a propósito da criação diz:

Que haveria de extraordinário se Deus tivesse tirado o mundo de uma matéria preexistente? Um artífice humano, quando se lhe dá um material, faz dele tudo o que quiser. Ao passo que o poder de Deus se mostra precisamente quando parte do nada para fazer tudo o que quer.

Embora a afirmação de que Deus é o criador de tudo que existe soe de forma natural, nem sempre foi assim. Houve um tempo em que heresias se apresentavam dentro da Igreja afirmando que Deus não havia criado a matéria.

Seguindo os ensinamentos de Platão e Aristóteles, surgiu o Platonismo e, posteriormente, o Neo-Platonismo, os quais explicavam a origem do mundo no casamento entre os deuses (teogamia) ou mesmo na guerra entre eles (teomaquia).

Para os filósofos havia o caos, a matéria eterna, bruta, que foi elaborada por um Deus, um ser espiritual, um demiurgo, que, de posse da matéria prima disforme, ordenou-a, transformando-a em cosmos. Do caos ao cosmo. Assim, Deus, nesta concepção, não seria criador do céu e da terra, mas somente da realidade...

Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos