CNP
Christo Nihil Præponere"A nada dar mais valor do que a Cristo"
Todos os direitos reservados a padrepauloricardo.org®
Conteúdo exclusivo para alunos
Assine agora
Texto da aula
Aulas do curso
Texto da aula
Credo Apostólico

O Espírito e a Igreja nos últimos tempos

O primeiro fruto do Espírito Santo é o amor. Todo aquele que recebe o Paráclito tem um amor ardente por Deus.

14

No estudo do Espírito Santo, vimos como se deu a ação Dele no tempo das promessas, ou seja, no Antigo Testamento, bem como no tempo da plenitude, isto é, com Jesus. Agora, passamos ao estudo do Espírito Santo com a Igreja nos últimos tempos. Seguimos, portanto, uma lógica temporal. O Catecismo inicia o tema dizendo:

"No dia de Pentecostes (no fim das sete semanas pascais), a Páscoa de Cristo se realiza na efusão do Espírito Santo, que é manifestado, dado e comunicado como Pessoa Divina: de sua plenitude, Cristo, Senhor, derrama em profusão o Espírito" (731).

A festa de Pentecostes já existia no Antigo Testamento, isto é fato, vide o versículo 1, do Capítulo II, dos Atos dos Apóstolos: "Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar". Sendo assim, o que é que se comemorava nesse dia? Tratava-se da festa da Lei, ou seja, o povo saiu do Egito por ocasião da Páscoa. Cinquenta dias depois chegaram ao Monte Sinai, onde Moisés subiu e recebeu as Tábuas da Lei do Senhor. O Catecismo continua:

"Nesse dia é revelada plenamente a Santíssima Trindade. A partir desse dia, o Reino anunciado por Cristo está aberto aos que creem nele; na humildade da carne e...
Conteúdo exclusivo para alunos
Aulas do curso
Texto da aula
Material para download
Comentários dos alunos